Facebook

Lik

Youtube

LogoEducaçãoContinuada

SBGf Educação Continuada

Curso 1

 

Enviar o formulário preenchido para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Através do seu Programa de Educação Continuada a Sociedade Brasileira de Geofísica (SBGf),  em parceria com o Observatório Nacional (ON), promoverá o Curso: Método Magnetotelúrico: Teoria, Processamento e Interpretação, no Rio de Janeiro, entre os dias 8 e 11 de junho, com carga horária de 28 horas. Este curso reúne um grupo de instrutores de reconhecida competência, que irão discorrer sobre a teoria do método MT e também proporcionar aos participantes atividades práticas indispensáveis para consolidação do conhecimento adquirido.  

  1. 1.       Requisitos para os participantes
  •        Os participantes deverão ser graduados em geofísica, geologia ou física, preferencialmente atuando em geofísica, ou graduados em outras áreas afins que estejam matriculados em cursos de mestrado ou de doutorado em Geofísica.
  •        Participantes deverão portar notebooks próprios onde serão instalados softwares livres para manipulação, processamento e interpretação de dados de MT

 

  1. 2.     Ementa

Teoria do Método Magnetotelúrico (MT)

  •         - Fonte do campo EM e interação com a Terra
  •         - Indução em uma Terra uniforme (uni e bidimensional)
  •         - Indução em estruturas tridimensionais
  •         - Tensor impedância, resistividade aparente e fase
  •         - Parâmetros MT “clássicos”
  •         - Heterogeneidades
  •         - Efeito galvânico e “static shift”
  •         - Efeito indutivo
  •         - Correções de distorções

 

Módulo – Prática em MT

  •         Aplicações do método MT
  •         Tipos de equipamento de MT e suas características
  •         Planejamento de uma  aquisição de dados
  •         Procedimentos e cuidados na implantação das estações MT
  •         Programação da aquisição de dados
  •         Controle de qualidade.
  •         Prática de campo

Módulo – Processamento de Dados

  •         Análise de séries temporais
  •         Estimativa do Tensor de Impedância
  •         Processamento Clássico
  •         Referência Remota
  •         Processamento Robusto
  •         Processamento Robusto com Influência Delimitada

Módulo – Interpretação

  •         O Tensor de Impedância
  •         O Tensor de Fases
  •         Análise de Dimensionalidade
  •         Inversão 1D
  •         Inversão 2D: modo TE e modo TM
  •         Inversão 2D com distorções locais
  •         Inversão 3D
  1. 1.     Instrutores:

Instrutor/Coordenador:

coordcurso1

Prof. Emanuele Francesco La Terra - PhD

Doutor em Geofísica pelo Observatório Nacional, com bacharelado em Geologia pela UERJ. Docente do programa de pós-graduação em geofísica do Observatório Nacional. Especialista no método magnetotelúrico, onde atua na área de geofísica aplicada. Possui experiência com levantamentos geofísicos de campo, processamentos de dados e interpretação, utilizando métodos geoelétricos e potenciais. Atua na integração de dados de geofísica e geologia para interpretação conjunta. Possui larga experiência no planejamento e condução de equipes de campo para levantamentos de métodos geofísicos não-sísmicos. 

Instrutores Assistentes:

Prof. Irineu Figueiredo – PhD

Graduado em Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, em 1980, obteve o grau de mestre em Geofísica em 1987, e doutoramento, em Geofísica em 1997, ambos pelo Observatório Nacional. Atualmente é PROFESSOR ADJUNTO da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Pesquisador do Observatório Nacional e Revisor de periódico da Revista Brasileira de Geofísica (Impresso). Possui experiência na área de Geociências, com ênfase em geofísica aplicada, atuando principalmente nos seguintes temas: teoria magnetotelúrica e geotectônica do sudeste brasileiro.

Prof. Leonardo Guimarães Miquelutti

Bacharel e licenciado em física pela Unicamp em 2008. Mestre em geofísica em 2011, pelo Observatório Nacional, onde é atualmente doutorando. Desde o início, desenvolve suas atividades acadêmicas trabalhando com o método magnetotelúrico, com ênfase no processamento de dados e na orientação de sensores eletromagnéticos marinhos.

 

4.Outros Termos e Condições

    4.1 Local: instalações da Coordenação de Geofísica do Observatório Nacional, localizado a Rua General José Cristino, 77, São Cristóvão, Rio de Janeiro.

    4.2 O valor do investimento para os participantes do curso é de R$ 1.300,00 (mil e trezentos reais). Associados da SBGf e participantes vinculados às empresas que aderiram ao Fundo SBGf terão desconto de 10% (dez porcento) no valor da inscrição;

    4.3 São oferecidas 20 vagas para este curso, sendo que o número mínimo de participantes para sua confirmação será de 15 participantes;

    4.4 A SBGf poderá adiar ou cancelar a realizaçao do curso caso não seja atingido o número mínimo de participantes até 7 (sete) dias antes da data de inicio do curso.

 

Nossos Parceiros

todos