Projeto Fogo: Um Experimento para Avaliar Efeitos das Queimadas de Cana-de-Açúcar na Baixa Atmosfera

E. V. A Marinho, V. W. J. H. Kirchhoff

Abstract


O projeto fogo foi idealizado com o objetivo de estudar o efeito das queimadas da palha da cana-de-açúcar sobre os gases atmosféricos ozônio (O3), monóxido de carbono (CO) e dióxido de carbono (CO2). Foram realizadas várias campanhas de campo na superfície e no ar, a bordo de um avião Bandeirante instrumentado, na região canavieira do Estado de São Paulo. Efeitos muito expressivos foram observados nas concentrações de CO e O3. Na época chuvosa quando não há queimadas as concentrações até 6 km de altitude são menores que 30 ppbv (partes por bilhão por volume), para o O3 e cerca de 100 ppbv para o CO. Na época de queimada de palha da cana (setembro) foram observadas concentrações de até 80 ppbv a cerca de 1,5 km de altitude para o O3, e 600 ppbv para o CO. Deve-se notar que estas medidas foram feitas a vários quilômetros de distância das fontes poluidoras, para caracterizar o estado médio da atmosfera inferior em equilíbrio. Estima-se que somente no Estado de São Paulo as queimadas da cana injetam na atmosfera cerca de 350.000 toneladas de carbono na forma de CO.

 

Project Fire: An Experiment to Evaluate the Effects or Sugar Cane Burnings in the Lower Atmosphere

Project Fire was designed to study the effects that sugar cane burnings have on the atmospheric gases ozone (O3), carbon monoxide (CO), and carbon dioxide (CO2). Several field campaigns were conducted at the surface and on board of an aircraft, an instrumented Bandeirante, which flew over the sugar cane region of São Paulo. Strong enhancements were observed both in CO and O3 concentrations. During the rainy season, when there are no burnings, the concentrations up to 6 km of altitude are less than 30 ppbv (parts per billion by volume), for O3 and about 100 ppbv for CO. During the sugar cane burning period (September), we have observed concentrations up to 80 ppbv at about 1.5 km or altitude for O3 and 600 ppbv for CO. It must be emphasized that such measurements were made several kilometers away from the pollution sources, characterizing in this way the mean state of the lower atmosphere in equilibrium. We estimate that only in the São Paulo region the sugar cane burnings inject into the atmosphere about 350,000 tons of carbon in the form of CO.


Keywords


Projeto Fogo; cana-de-açúcar; baixa atmosfera



DOI: http://dx.doi.org/10.22564/rbgf.v9i2.1103










Revista Brasileira de Geofísica (printed version): ISSN 0102-261X
v.1n.1 (1982) – v.33n.1 (2015)

Revista Brasileira de Geofísica (online version): ISSN 1809-4511
v.15n.1 (1997) – v.29n.4 (2011)

Brazilian Journal of Geophysics (online version
a partir de v.30n.1 (2012)



Brazilian Journal of Geophysics - BrJG

Sociedade Brasileira de Geofísica - SBGf
Av. Rio Branco 156 sala 2509
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Phone/Fax: +55 21 2533-0064
E-mail: editor@sbgf.org.br