Estruturação dos Terrenos Pré-Cambrianos da Região Sul do Brasil e Oeste do Uruguai: Um Estudo por Modelamento Gravimétrico

Wladimir Shukowsky, A. C. B. C. Vasconcellos, M. S. M. Mantovani

Abstract


O embasamento do segmento meridional da Bacia do Paraná encontra-se exposto, junto à costa Atlântica, nos Estados de Santa Catarina e Paraná e no Escudo Sul-Riograndense. A equivalência geotectônica dos terrenos dessas duas áreas indica a existência de continuidade física, sob as coberturas fanerozoicas, para as unidades maiores individualizadas: Cinturão Dom Feliciano, Cráton Rio de La Plata-Luis Alves e Maciço de Curitiba. A integração de mais de 4000 dados gravimétricos levantados nos últimos anos na região Sul do Brasil, complementada com a carta gravimétrica do Uruguai, resultou em um mapa regional da anomalia Bouguer. A partir da assinatura gravimétrica das diversas unidades geotectônicas reconhecidas e de sua análise quantitativa sobre quatro perfis selecionados, caracteriza-se a continuidade dos terrenos cratônicos e das faixas de dobramentos, com inferência de provável continuidade do Maciço de Curitiba até o extremo nordeste do Escudo Sul-Riograndense. A componente negativa regional, característica marcante do levantamento. inversamente correlacionada à topografia e cujo mínimo se localiza na porção centro-setentrional da área, é atribuída a um efeito de compensação isostática associado ao evento termo-tectônico que originou as vulcânicas da Formação Serra Geral.

Pre-Cambrian Terranes of South Brazil and Western Uruguay: A Gravity Modeling Study

The southern portion of the Paraná basin basement outcrops in the Catarinense and Sul-Riograndense shields, bordering the Atlantic coast. The geotectonic equivalence, inferred by geological and geochemical characteristics for the terranes of the two areas, suggests a continuity, under the fanerozoic covers, for the three major units: Dom Feliciano Bell, Rio de La Plata-Luis Alves Craton and Curitiba Massif. More than 4000 gravimetric stations recently surveyed in southern Brazil, integrated with the Uruguay gravimetric chart, were used to draw a regional Bouguer anomaly map. The gravimetric signature of the various geotectonic units and the inversion of four gravity profiles characterize the continuity of the cratonic terranes and fold belts, and suggest the continuity of the Curitiba Massif up to the northeastern border of the Sul-Riograndense shield. A striking negative regional Bouguer anomaly component, inversely correlated to the topography and with a minimum in the central-northern portion of the area, is attributed to an isostatic response associated with the thermal-tectonic event accountable for the magmatism of the Serra Geral Formation.

 


Keywords


terrenos pré-cambrianos; região sul do Brasil; Uruguai; Uruguay; modelamento gravimétrico



DOI: http://dx.doi.org/10.22564/rbgf.v9i2.1115










Revista Brasileira de Geofísica (printed version): ISSN 0102-261X
v.1n.1 (1982) – v.33n.1 (2015)

Revista Brasileira de Geofísica (online version): ISSN 1809-4511
v.15n.1 (1997) – v.29n.4 (2011)

Brazilian Journal of Geophysics (online version
a partir de v.30n.1 (2012)



Brazilian Journal of Geophysics - BrJG

Sociedade Brasileira de Geofísica - SBGf
Av. Rio Branco 156 sala 2509
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Phone/Fax: +55 21 2533-0064
E-mail: editor@sbgf.org.br