A VARIAÇÃO SAZONAL DA RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA SOLAR BIOLOGICAMENTE ATIVA

V.W.J.H. Kirchhoff, E. Echer, N. P. Leme, A. A. Silva

Abstract


Séries temporais de radiação UV-B, biologicamente ativa, obtidas em vários locais no Brasil, em Punta Arenas no Chile e em La Paz na Bolívia são apresentadas. O quadro atual de mudança atmosférica, principalmente a tendência global de redução no ozônio total, fez surgir na comunidade científica preocupações quanto a um possível aumento na intensidade da radiação ultravioleta (UV) solar na superfície terrestre. Nesse contexto, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais-INPE opera uma rede de medidores do tipo Biômetro, radiômetros especialmente projetados para medir a radiação UV causadora de efeitos danosos à saúde humana, a radiação UV-B Eritema, desde o início dos anos 1990. Analisam-se neste trabalho as séries temporais de máxima dose diária de radiação UV-B Eritema obtidas com o Biômetro, estudando-se a variação sazonal e calculando-se o Índice UV. Os maiores valores do Índice UV são encontrados nas regiões de La Paz, Campo Grande e Natal. A radiação UV-B apresentou uma forte dependência da latitude geográfica e da altitude, conforme esperado. Os Índices UV atingiram valores próximos a 15 em La Paz, e acima de 12 em Natal e Campo Grande no período de verão. Também é apresentado o resultado de um experimento para medir a radiação UV-B difusa realizado em Cachoeira Paulista em 24 e 25 de novembro de 1998. A radiação difusa representa pelo menos 45% da radiação global para o UV-B Eritema.

Keywords :Radiação ultravioleta solar; UV-B; Atmosfera; Eritema; Biômetro.

ABSTRACT

The seasonal variation of biologically active solar UV-B radiation

Time series of biologically active UV-B radiation observed at sites in Brazil, and at La Paz, Bolívia and Punta Arenas, Chile, are presented. With the ozone depletion occurring in the earth's atmosphere, increases of UV-B radiation are expected. Since 1991, the National Institute for Space Research- INPE, has been acquiring data on biologically active solar UV radiation (Erythemal UV), at ground level. A network of radiometers to measure UV-B radiation has been used. The seasonal variations and an average UV-Index calculation is presented. The regions of La Paz, Campo Grande and Natal have the higher UV-B intensities. The UV-B radiation presented a dependency with geographical latitude and altitude, as expected. The UV-Index for summer was close to 15 at La Paz and above 12 for Campo Grande and Natal. The experiment to measure UV-B diffuse radiation showed that diffuse radiation is at least 45% of global radiation in the Erythemal UV-B radiation range.

Keywords :Solar ultraviolet radiation;UV-B;Atmosphere;Erythema;UV-Biometer.


Keywords


radiação ultravioleta solar; uv-b; atmosfera; eritema; biômetro












Revista Brasileira de Geofísica (printed version): ISSN 0102-261X
v.1n.1 (1982) – v.33n.1 (2015)

Revista Brasileira de Geofísica (online version): ISSN 1809-4511
v.15n.1 (1997) – v.29n.4 (2011)

Brazilian Journal of Geophysics (online version
a partir de v.30n.1 (2012)



Brazilian Journal of Geophysics - BrJG

Sociedade Brasileira de Geofísica - SBGf
Av. Rio Branco 156 sala 2509
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Phone/Fax: +55 21 2533-0064
E-mail: editor@sbgf.org.br