PALEOCANAIS NA PLATAFORMA CONTINENTAL INTERNA DO RIO GRANDE DO SUL: EVIDÚNCIAS DE UMA DRENAGEM FLUVIAL PRETÉRITA

José Gustavo Natorf de Abreu, Lauro Júlio Calliari

Abstract


Estruturas subsuperficiais da plataforma continental interna do Rio Grande do Sul (RS), no sul do Brasil, registradas através do sistema acústico Sparker®, foram interpretadas como paleocanais, que se desenvolveram sobre um ambiente de planície costeira, anterior à transgressão ocorrida no final do Pleistoceno e início do Holoceno. Dois refletores principais, com expressiva continuidade lateral, foram identificados. O primeiro refletor, mais raso, situa-se entre 10m e 12m em subsuperfície e se caracteriza como uma superfície bastante homogênea, com algumas irregularidades localizadas, de dimensões reduzidas, próximas a feições acanaladas. O segundo refletor, localizado a profundidades que variam entre 14m e 32m, em relação ao fundo marinho, é mais descontínuo e sua superfície mais irregular, com a presença de estruturas erosivas. A análise conjunta dos perfis indica que esta drenagem pretérita apresenta uma orientação N/NE-SE/SO, reduzindo sua profundidade e aumentando sua largura em direção ao mar aberto. A presença de paleocanais na plataforma interna do Rio Grande do Sul reforça os modelos de evolução paleogeográfica da área, conforme propõe os estudos realizados anteriormente.

Keywords :Levantamentos sísmicos; Plataforma Continental Interna; Rio Grande do Sul.

ABSTRACT

Subsurface structures mapped by the Sparker® acoustic system on the inner continental shelf of Rio Grande do Sul State, in southern Brazil were interpreted as paleochannels which developed over a coastal plain environment during the upper Pleistocene and lower Holocene. Two major reflectors displaying expressive lateral continuity were identified. The first reflector, which is shallower, is buried at depths ranging from 10 to 12m and its surface is relatively homogeneous displaying few irregularities associated that channeled structures. The second reflector mapped on depths ranging from 14 a 32m is more discontinuous and irregular and display erosive structures. The overall interpretation of the shallow seismic reflection profiles indicates that this preterit drainage display an N/NE-SE/SW orientation increasing its width and decreasing its depth towards offshore. The presence of paleochannels in the inner continental shelf of RS state supports the paleogeographic models of the area proposed by early studies.

Keywords :Seismic survey; Inner continental shelf; Rio Grande do Sul State.


Keywords


levantamentos sísmicos; plataforma continental interna; rio grande do sul












Revista Brasileira de Geofísica (printed version): ISSN 0102-261X
v.1n.1 (1982) – v.33n.1 (2015)

Revista Brasileira de Geofísica (online version): ISSN 1809-4511
v.15n.1 (1997) – v.29n.4 (2011)

Brazilian Journal of Geophysics (online version
a partir de v.30n.1 (2012)



Brazilian Journal of Geophysics - BrJG

Sociedade Brasileira de Geofísica - SBGf
Av. Rio Branco 156 sala 2509
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Phone/Fax: +55 21 2533-0064
E-mail: editor@sbgf.org.br