ANALYSIS OF SEAFLOOR DEPTH ANOMALIES BETWEEN THE ASCENSION AND ST. HELENA ISLANDS, SOUTH ATLANTIC

Marisa Makler, Sidney Luiz de Matos Mello

Abstract


ABSTRACT

Observed seafloor depths from 12 kHz bathymetry coupled with seafloor spreading magnetic anomalies were used to obtain depth anomalies across the Mid-Atlantic ridge axis between 2°S and 18°S. The theoretical seafloor depths were calculated from the plate cooling model and crustal ages depicted from seafloor spreading magnetic anomalies between 0 to 25 Ma. We noticed that the seafloor spreading magnetic anomalies are symmetric with respect to the ridge axis between Ascension and St. Helena Islands, but the depth anomalies are quite asymmetric. The east side of the ridge axis is shallower (~ 1,000 meters) than the west side, probably as a result of a thermal upwelling of the lithosphere. We suggest that a mantle plume located on the African Plate, which could represent a larger swell linked to Ascension, St. Helena and Fernando Pó-Annobon Volcanic Lineament, might cause this type of anomaly.

Keywords :depth anomalies; magnetic anomalies; Ascension Island; St. Helena Island; South Atlantic.

RESUMO

Dados de batimetria de 12 kHz e anomalias magnéticas do fundo oceânico foram empregados para calcular anomalias de profundidades na cordilheira mesoceânica entre as Ilhas de Ascensão e St. Helena. A profundidade teórica do fundo oceânico foi calculada com base no modelo de resfriamento de placas litosféricas e a idade crustal, considerando as anomalias magnéticas de expansão do fundo oceânico entre 0 e 25 Ma. Notamos que as anomalias magnéticas de expansão do fundo oceânico são simétricas em relação ao eixo da cordilheira entre as Ilhas de Ascensão e St. Helena. No entanto, as anomalias de profundidade são assimétricas com ao eixo da cordilheira. O lado leste da cordilheira é mais elevado (~ 1.000 metros) do que o lado oeste, refletindo provavelmente uma subida da estrutura termal da litosfera sob esta região. Por esta razão, sugerimos a existência de uma pluma do manto localizada na Placa Africana, a qual se estenderia por uma grande região, envolvendo os complexos vulcânicos de Ascensão, St. Helena e Fernando Pó-Annobon e causaria uma elevação na estrutura termal da litosfera.

Keywords :anomalias de profundidade; anomalias magnéticas; Ilha de Ascensão; Ilha de St. Helena; Atlântico Sul.


Keywords


depth anomalies; magnetic anomalies; ascension island; st. helena island; south atlantic












Revista Brasileira de Geofísica (printed version): ISSN 0102-261X
v.1n.1 (1982) – v.33n.1 (2015)

Revista Brasileira de Geofísica (online version): ISSN 1809-4511
v.15n.1 (1997) – v.29n.4 (2011)

Brazilian Journal of Geophysics (online version
a partir de v.30n.1 (2012)



Brazilian Journal of Geophysics - BrJG

Sociedade Brasileira de Geofísica - SBGf
Av. Rio Branco 156 sala 2509
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Phone/Fax: +55 21 2533-0064
E-mail: editor@sbgf.org.br