Review of Historical Seismicity of West-Central Brazil: Newly Discovered Events and Implications for Seismic Hazard

Lucimara José da Silva, Marcelo Assumpção, Edna Maria Facincani

Abstract


ABSTRACT. The Pantanal basin seismic zone has experienced earthquakes with magnitudes up to 5.4 mb. New information on historical events was searched for in regional newspapers, especially the "Correio do Estado", Campo Grande, Mato Grosso do Sul State, Brazil. Several small new events, not previously reported in the Catalog of Berrocal et al. (1984), were discovered.  Five events had new macroseismic information from different localities allowing magnitudes to be estimated from the felt area. Ten new events were also discovered, each one felt in a single locality. The event of 1906-Oct-24, with previous magnitude 4.2, was felt in a larger area indicating magnitude 4.9 mb. The large event of 1919-June-01, reported in the Catalog with 4.9 mb, was false, and had resulted from joining a local tremor probably due to a meteorite fall in Santa Luzia (GO) with wrong interpretation of records of the RDJ station, Rio de Janeiro, as if they were from the same event in Mato Grosso. The revised catalog for the West-Central Brazil, compared with geophysical maps, shows that earthquakes occur in areas of low velocities in the upper mantle, as well as in areas of positive gravity free-air anomalies. Stress concentration in the upper crust can be explained as due to both lithospheric thinning and flexure.

Keywords: historical seismicity, Pantanal, macroseismic information.

 

Revisão da Sismicidade História do Centro-Oeste do Brasil: Novos Sismos Recém Descobertos e Implicações para Ameaça Sísmica

RESUMO. A zona sísmica da bacia do Pantanal tem sismos até 5,4 mb. Informações mais detalhadas sobre eventos históricos foram pesquisadas em jornais regionais, especialmente o "Correio do Estado", Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Vários pequenos eventos novos foram descobertos que não constavam do Catálogo anterior de Berrocal et al. (1984). Cinco eventos tiveram novas informações macrossísmicas de diferentes localidades, permitindo estimar magnitudes pela área afetada. Foram descobertos dez novos eventos, cada um com informações de uma única localidade. O evento de 24-Out-1906, com magnitude anterior 4,2, foi sentido em uma área maior, indicando magnitude de 4,9 mb. Já o grande evento de 01-Jun-1919, relatado no Catálogo com magnitude 4,9 mb, era falso, sendo resultado da junção de um tremor local, possivelmente devido à queda de um meteorito em Santa Luzia (GO), com interpretação errada dos registros da estação RDJ (Rio de Janeiro), como se fossem provenientes de um único evento em Mato Grosso. O catálogo revisado para a região Centro-Oeste do Brasil, comparado com mapas geofísicos, mostra que os sismos ocorrem em áreas de baixas velocidades no manto superior, bem como em áreas de anomalias ar-livre positivas. A concentração de tensões na crosta superior pode ser explicada tanto por afinamento litosférico, como por flexura.

Palavras-chave: sismicidade histórica, Pantanal, informação macrossísmica.


Keywords


historical seismicity; Pantanal; macroseismic information; sismicidade histórica; informação macrossísmica

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22564/rbgf.v38i2.2040










Revista Brasileira de Geofísica (printed version): ISSN 0102-261X
v.1n.1 (1982) – v.33n.1 (2015)

Revista Brasileira de Geofísica (online version): ISSN 1809-4511
v.15n.1 (1997) – v.29n.4 (2011)

Brazilian Journal of Geophysics (online version
a partir de v.30n.1 (2012)



Brazilian Journal of Geophysics - BrJG

Sociedade Brasileira de Geofísica - SBGf
Av. Rio Branco 156 sala 2509
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Phone/Fax: +55 21 2533-0064
E-mail: editor@sbgf.org.br