AIRBORNE GAMMA-RAY SPECTROMETRIC AND MAGNETIC SIGNATURES OF FAZENDA NOVA REGION, EAST PORTION OF ARENÓPOLIS MAGMATIC ARC, GOIÁS

Lara Nigro Rodrigues Alves Ramos, Augusto César Bittencourt Pires, Catarina Labouré Benfica Toledo

Abstract


ABSTRACT. Airborne geophysical data are an important tool for the interpretation of geological features. The variations observed in airborne magnetic and gamma-ray spectrometric data are typically used to differentiate geological units and delimit structures. In this context, this study aims to use gamma-ray spectrometric and magnetic airborne data to support the geological mapping in the Fazenda Nova region, located in the east portion of the Arenópolis Magmatic Arc. The processing of the gamma-ray spectrometric data consisted of generating K, U, Th, total count, gamma-ray spectrometric ratios and ternary images. The anomalous magnetic field processing and enhancing generated the magnetic maps, which provided information about the structural framework of the area, while the gamma-ray profiles and images allowed the delineation of the geologic-geophysical domains. Fifteen domains were individualized, interpreted especially from ternary images, which displayed a good relation with the granite bodies mapped and indicated different rocks associated with the Goiás Alkaline Province, contributing to improving the geological knowledge of the area.

Keywords: airborne geophysics, gamma-ray spectrometric, Arenópolis Magmatic Arc.

RESUMO. Dados aerogeofísicos consistem em uma importante ferramenta para a interpretação de feições geológicas. Variações observadas em dados magnéticos e de espectrometria gama aéreos são usualmente utilizadas para a discriminação de unidades geológicas e delimitação de estruturas. Neste contexto, este estudo tem como objetivo o uso de imagens derivadas do processamento de dados magnéticos e gamaespectrométricos aéreos no suporte ao mapeamento geológico na região de Fazenda Nova, localizada na porção leste do Arco Magmático de Arenópolis. Para os dados gamaespectrométricos, o processamento consistiu na geração de imagens dos canais K, U, Th e Contagem Total, além das razões entre os canais e as imagens ternárias. O processamento e realce do campo magnético anômalo geraram as imagens magnéticas, as quais forneceram informações sobre o arcabouço estrutural da área, enquanto que imagens e perfis aeroradiométricos permitiram a delimitação dos domínios litogeofísicos. Foram individualizados 15 domínios, interpretados principalmente a partir das imagens ternárias, os quais apresentaram forte correlação com os corpos graníticos mapeados na região e delimitaram diferentes rochas associadas à Província Alcalina de Goiás, contribuindo para o aprimoramento do conhecimento geológico da região.

Palavras-chave: aerogeofísica, gamaespectrometria, Arco Magmático de Arenópolis.


Keywords


airborne geophysics, gamma-ray spectrometric, Arenópolis Magmatic Arc.



DOI: http://dx.doi.org/10.22564/rbgf.v32i1.401










Revista Brasileira de Geofísica (printed version): ISSN 0102-261X
v.1n.1 (1982) – v.33n.1 (2015)

Revista Brasileira de Geofísica (online version): ISSN 1809-4511
v.15n.1 (1997) – v.29n.4 (2011)

Brazilian Journal of Geophysics (online version
a partir de v.30n.1 (2012)



Brazilian Journal of Geophysics - BrJG

Sociedade Brasileira de Geofísica - SBGf
Av. Rio Branco 156 sala 2509
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Phone/Fax: +55 21 2533-0064
E-mail: editor@sbgf.org.br