URANIUM PROSPECTING IN NORTHEASTERN GOIÁS STATE, BRAZIL: MULTIPLE REGRESSION APPLIED TO AIRBORNE GEOPHYSICAL DATA

Marcos Menezes da Paixão, Roberta Mary Vidotti, Augusto César Bittencourt Pires

Abstract


ABSTRACT. Nuclebrás and Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) investigated northeastern Goiás State, Brazil, in the 1970s and 1980s to detect radioactiveelements, when the Rio Preto and Campos Belos prospective uranium projects were undertaken. These projects identified an estimated 1,000 tons of U3O8, which wasconsidered small and, therefore, search was interrupted in these areas. In 2006, an airborne geophysical survey covered these areas with gamma ray spectrometry andmagnetometry data. Aerogeophysical data has been widely used in the direct detection of uranium mineralized bodies. However, in areas of great lithological variability,the determination of the anomalous values becomes difficult because uranium concentration is significantly influenced by the rock type. The objective of this study isto evaluate the multiple linear regression technique applied to the aerogeophysical data that cover the anomalous lithological units of uranium in northeastern Goiás,using the methodology proposed by Pires et al. (2010), to mitigate the influence of lithology on the uranium concentrations. The results demonstrate the effectivenessof the proposed methodology for the removal of lithological influences on the uranium levels, highlighted the known uranium occurrences in the region and identifiednew prospective targets for this radioelement.

Keywords: gamma ray spectrometry, magnetometry, anomaly enhancement, Ticunzal Formation, Aurumina Suite.

RESUMO. A região nordeste do Estado de Goiás foi investigada pela Nuclebrás e pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) nas décadas de 1970 e 1980 comvistas a detectar elementos radioativos, ocasião em que foram empreendidos os projetos prospectivos de urânio Rio Preto e Campos Belos. Tais projetos identificaram mineralizações uraníferas estimadas em cerca de 1.000 toneladas de U3O8, que foram consideradas de pequeno porte, portanto, foram interrompidos os trabalhos depesquisa. Em 2006 foi executado um levantamento aerogeofísico que recobriu as áreas destes projetos com dados de gamaespectrometria e magnetometria. Dados aerogeofísicos têm sido amplamente utilizados na detecção direta de corpos mineralizados em urânio. Entretanto, a determinação de valores a serem considerados anômalos torna-se difícil para áreas de grande variabilidade litológica, pois a concentração de urânio é significativamente influenciada pelo tipo de rocha. O objetivodo presente trabalho é avaliar a técnica de regressão linear múltipla aplicada aos dados aerogeofísicos que recobrem as unidades litológicas anômalas em urânio nonordeste de Goiás, utilizando a metodologia proposta por Pires et al. (2010), para atenuar a influência litológica sobre as concentrações de urânio. O resultado demonstroua eficácia da metodologia proposta na remoção de influências litológicas sobre os teores de urânio, como também realçou as ocorrências de urânio conhecidas na região e identificou novos alvos prospectivos para este radioelemento.

Palavras-chave: gamaespectrometria, magnetometria, realce de anomalias, Formação Ticunzal, Suíte Aurumina


Keywords


gamma ray spectrometry, magnetometry, anomaly enhancement, Ticunzal Formation, Aurumina Suite.



DOI: http://dx.doi.org/10.22564/rbgf.v32i2.461










Revista Brasileira de Geofísica (printed version): ISSN 0102-261X
v.1n.1 (1982) – v.33n.1 (2015)

Revista Brasileira de Geofísica (online version): ISSN 1809-4511
v.15n.1 (1997) – v.29n.4 (2011)

Brazilian Journal of Geophysics (online version
a partir de v.30n.1 (2012)



Brazilian Journal of Geophysics - BrJG

Sociedade Brasileira de Geofísica - SBGf
Av. Rio Branco 156 sala 2509
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Phone/Fax: +55 21 2533-0064
E-mail: editor@sbgf.org.br