INTERPRETATION OF SEDIMENTARY PROCESSES USING ECHO-CHARACTER DISTRIBUTION: CASE STUDY OF PIRAQUÚ-AÇU AND PIRAQUÚ-MIRIM ESTUARINE SYSTEM, ARACRUZ - ES (BRAZIL)

Alex Evaristo da Silva, Pedro Smith Menandro, Kleverson Alencastre do Nascimento, Valéria da S. Quaresma, Alex C. Bastos

Abstract


ABSTRACT. This research aimed to map distinct types of echo-character in order to recognize estuarine sedimentary processes along the Piraquê-Açu System, in Aracruz, Espírito Santo State, Brazil. Echo-character mapping was undertaken using high frequency sub-bottom profiling data. Four echo-character (EC1, EC2, EC3,EC4) patterns were recognized by combining sub-bottom and surficial sedimentological data. These EC patterns defined three distinct areas within the system that arecharacterized by the predominance of a specific echo-character and a seabed type: i) estuarine mouth, where sand beds with low penetration prevail; ii) a transitionzone, where sandy-muddy andmuddy-sandy beds are associated with a high penetration echo-character; and, iii) the rivers/estuary Piraquê-Ac¸u and Piraquê-Mirim withsandy-muddy and muddy beds with high penetration echo pattern. The interpretation showed that the association of EC and surficial sediment may represent modernsedimentary processes within the estuary. Three sedimentary processes were recognized: a) marine dominated processes showing sand transport by tidal currents;b) estuarine processes with fine sediment input, resuspension and deposition; and c) erosive estuarine processes or scour lags, exposing possibly relict deposits.

Keywords: estuarine sedimentation, shallow geophysics, sub-bottom profiler.

RESUMO. Esse estudo busca reconhecer os tipos de ecocaráter existentes para o melhor entendimento dos processos sedimentares do sistema estuarino do Piraquê-Açu e Piraquê-Mirim, localizado no município de Aracruz, Espírito Santo. O reconhecimento e o mapeamento dos tipos de ecocaráter foram realizados a partir deregistros de perfilador de subfundo de alta frequência. Através da associação dos dados geofísicos com dados sedimentológicos foram reconhecidos e definidos quatropadrões de ecocarácteres (EC1, EC2, EC3, EC4) associados a tipos de fundo distintos. A distribuição espacial dos tipos de eco permitiu a divisão do estuário em três áreas distintas que diferem pela predominância de diferentes tipos de ecocaráter e sedimento: i) A foz do sistema estuarino, interpretada como região de domiâancia marinha, onde predomina o fundo arenoso e a baixa penetração do sinal; ii) A zona de confluência, onde predomina sedimentos areno-lamosos a lamo-arenosos compenetração do sinal acústico; iii) Os braços Piraquê-Açu e Piraquê-Mirim de predomínio de fundo areno-lamoso a lamoso, com penetração do sinal. Estas áreas estão associadas a distintos processos sedimentares, sendo eles: a) processos marinhos com transporte de sedimentos arenosos por correntes de maré (foz do sistema até a confluência dos braços); b) processos estuarinos com aporte, resuspensão e deposição de sedimentos finos, típicos da região interna do sistema; e c) processosestuarinos erosivos ou de ravinamento, ocorrendo localmente nos braços.

Palavras-chave: sedimentação estuarina, geofísica rasa, perfilador de subfundo


Keywords


estuarine sedimentation, shallow geophysics, sub-bottom profiler



DOI: http://dx.doi.org/10.22564/rbgf.v32i2.484










Revista Brasileira de Geofísica (printed version): ISSN 0102-261X
v.1n.1 (1982) – v.33n.1 (2015)

Revista Brasileira de Geofísica (online version): ISSN 1809-4511
v.15n.1 (1997) – v.29n.4 (2011)

Brazilian Journal of Geophysics (online version
a partir de v.30n.1 (2012)



Brazilian Journal of Geophysics - BrJG

Sociedade Brasileira de Geofísica - SBGf
Av. Rio Branco 156 sala 2509
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Phone/Fax: +55 21 2533-0064
E-mail: editor@sbgf.org.br