INSIGHTS ON PP AND PS REFLECTION COEFFICIENTS AT POROELASTIC SEISMIC HORIZONS

José Sampaio de Oliveira, Jorge Leonardo Martins

Abstract


ABSTRACT. In oil and gas exploration, the seismic reflection method aims at obtaining information from subsurface and generating geological models based on travel times and amplitudes of recorded seismograms. In this context the poroelasticity theory is generally used as a good approximation for studying the seismic response of oil and gas reservoirs. As the reflection coefficients in poroelastic media have a very complex mathematical formulation, the dependence of such coefficients on fundamental poroelastic and petrophysical parameters remains poorly investigated. In this paper, we study the dependence of poroelastic reflection coefficients on petrophysical (i.e., the physical properties of the media) and data acquisition (i.e., the frequency of investigation and the angle of incidence) parameters. In order to investigate such a dependence, we use geologic models having a descontinuity interface between a clastic reservoir overlying a calcareous rock. We then construct 3D plots displaying the magnitudes of fast P-wave (RPP) and converted S-wave (RPS) reflection coefficients in saturated poroelastic media as a function of two specific variables. As the main petrophysical property, we considered the reservoir porosity φ varying from 5 to 30%. By assuming the angle of incidence θ as one of the variables of the dependence (i.e., 0◦ ≤ θ ≤ 40◦), we indirectly investigate the influence of the source-to-receiver distance on the reflection coefficients. As for the frequency of investigation presumably carried by the seismic source, we selected the following interval: from 10 to 200 Hz. Absolute differences between the correspondent poroelastic and purely elastic reflection coefficients provided a way to select the most important poroelastic parameters which similarly affect the elastic coefficients. The reservoir porosity showed to be the most important dependence parameter in the variation of the reflection coefficients, either in poroelastic or in purely elastic media.

Keywords
: reflection coefficients, poroelasticity, porosity, frequency investigation, incidence angle.

RESUMO. Na área de exploração de petróleo e gás, o método de reflexão sísmica visa a obtenção de informações de subsuperfície e a construção de modelos geológicos com base no tempo de percurso e nas amplitudes dos sismogramas. Neste contexto, a teoria da poroelasticidade é geralmente usada como uma boa aproximação para o estudo da resposta sísmica de reservatórios de petróleo e gás. Como os coeficientes de reflexão em meios poroelásticos possuem uma formulação matemática muito complexa, a dependência de tais coeficientes sobre parâmetros poroelásticos e petrofísicos fundamentais permanece pouco estudada. Neste trabalho, estudamos a dependência dos coeficientes de reflexão poroelásticos sobre parâmetros petrofísicos (i.e., propriedades físicas dos meios) e de aquisição de dados (i.e., a frequência de investigação e o ângulo de incidência). A fim de investigar a tal dependência, usamos modelos geológicos com uma interface de descontinuidade entre um reservatório clástico sobreposto a uma rocha calcária. Então, construímos gráficos 3D representando as magnitudes dos coeficientes de reflexão para a onda P rápida (RPP) e para a onda S convertida (RPS) em meios poroelásticos saturados em função de duas variáveis específicas. Consideramos a porosidade φ do reservatório como a principal propriedade petrofísica, variando de 5 a 30%. Ao assumir o ângulo de incidência θ como uma das variáveis da dependência (i.e., 0â—¦ ≤ θ ≤ 40â—¦), investigamos indiretamente a influência da distância da fonte ao receptor sobre os coeficientes de refleão. Quanto à frequência de investigação presumivelmente transportada pela fonte sísmica, selecionamos o seguinte intervalo: de 10 a 200 Hz. As diferenças absolutas entre os correspondentes coeficientes de reflexão poroelásticos e puramente elásticos fornecem uma maneira de selecionar os parâmetros poroelásticos mais importantes que afetam de forma semelhante os coeficientes elásticos. A porosidade do reservatório mostrou ser o parâmetro mais importante na dependência dos coeficientes de reflexão, seja em meios poroelásticos ou em meios puramente elásticos.

Palavras-chave: coeficientes de reflexão, poroelasticidade, porosidade, frequência de investigação, ângulo de incidência.


Keywords


reflection coefficients, poroelasticity, porosity, frequency investigation, incidence angle.



DOI: http://dx.doi.org/10.22564/rbgf.v33i4.757










Revista Brasileira de Geofísica (printed version): ISSN 0102-261X
v.1n.1 (1982) – v.33n.1 (2015)

Revista Brasileira de Geofísica (online version): ISSN 1809-4511
v.15n.1 (1997) – v.29n.4 (2011)

Brazilian Journal of Geophysics (online version
a partir de v.30n.1 (2012)



Brazilian Journal of Geophysics - BrJG

Sociedade Brasileira de Geofísica - SBGf
Av. Rio Branco 156 sala 2509
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Phone/Fax: +55 21 2533-0064
E-mail: editor@sbgf.org.br