INTEGRATED TECHNIQUES FOR DETERMINING THE VELOCITY FUNCTION IN THE SEISMIC REFLECTION: EXAMPLE OF LOW SIGNAL-TO-NOISE DATA

Rodrigo Francis Revorêdo, Carlos César Nascimento da Silva

Abstract


ABSTRACT. In the hydrocarbon exploration activities, the reprocessing of old seismic reflection data, acquired with few channels and with low signal-to-noise ratio, is commonly undertaken to ameliorate the quality and reliability of the seismic images. In this context, a crucial and preponderant step to any data processing is the seismic velocity analysis of wave propagation, which is employed in several essential steps of the processing flow. However, the velocity analysis can become much more complex and expensive due to the low data quality motivated by the small number of receptor channels employed during acquisition. This work demonstrates the use of several techniques integrated simultaneously, to achieve the best, closest to real, velocity field. Despite the increase in total processing time, the method used here, making use of data with a small number of channels, was effective to discriminate the real field velocities, and to reduce uncertainties related to the quality of the processed data.

Keywords: seismic processing, velocity analysis, CVS.

RESUMO. ´E comum na exploração de hidrocarbonetos o reprocessamento de dados sísmicos antigos, por vezes com um baixo número de canais e baixa razão sinal/ruído, com o objetivo de gerar uma imagem de melhor qualidade e confiabilidade quando comparada àquelas já existentes. Neste contexto, um passo crucial e preponderante para qualquer processamento de dados é a análise da velocidade de propagação das ondas sísmicas que é empregada em vários passos essenciais do fluxo de processamento. Durante o reprocessamento, muitas vezes a análise de velocidade torna-se muito mais complexa e dispendiosa devido à baixa qualidade dos dados, em alguns casos, motivada pelo pequeno número de canais de receptores utilizados durante a etapa de aquisição de dados. Este artigo demonstra o uso de várias técnicas utilizadas de forma simultânea e integrada para alcançar resultados mais próximos do campo de velocidades real. Apesar do aumento do tempo de processamento total, a estratégia aqui empregada foi eficaz para discriminar o campo de velocidades real e reduzir as incertezas relativas à qualidade dos dados processados.

Palavras-chave: processamento sísmico, análise de velocidades, CVS.



Keywords


Keywords: seismic processing, velocity analysis, CVS.



DOI: http://dx.doi.org/10.22564/rbgf.v34i2.790










Revista Brasileira de Geofísica (printed version): ISSN 0102-261X
v.1n.1 (1982) – v.33n.1 (2015)

Revista Brasileira de Geofísica (online version): ISSN 1809-4511
v.15n.1 (1997) – v.29n.4 (2011)

Brazilian Journal of Geophysics (online version
a partir de v.30n.1 (2012)



Brazilian Journal of Geophysics - BrJG

Sociedade Brasileira de Geofísica - SBGf
Av. Rio Branco 156 sala 2509
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Phone/Fax: +55 21 2533-0064
E-mail: editor@sbgf.org.br