Campo gravimétrico do complexo alcalino de Tapira (MG): Comparação entre técnicas de interpolação e de separação regional-residual

Vanessa Biondo Ribeiro, Marta Silvia Maria Mantovani

Abstract


ABSTRACT.

The Tapira Alkaline Complex is an intrusion in the southeast region of the Alto do Paranaiba Province, Minas Gerais State, Brazil. This study means to test numerical tools used in data reduction for obtaining the physical properties of the Tapira Alkaline complex using gravimetric ground survey data. The gravimetric ground survey was done over the area occupied by the complex, and also in its adjacents. By the analysis of the achieved data, a regional gravimetric field was estimated, looking for the isolation of the body"™s gravimetric contribution. For this purpose, four different interpolation methods were used: inverse distance, triangulation, kriging and minimum curvature. The separation of the gravimetric contribution, due to local or regional sources and residuals, was performed using three numerical methods: omission, upward continuation and robust polynomial fitting. In order to compare them a profile was defined over the isolated gravimetric anomaly, in each case. The comparison among different interpolation methods, so as the regional-residual separation, allowed establishing which methodology works better to the study"™s objective. The most effective interpolation to the presented case was the kriging method, while the best one to the regional-residual separation was the first degree robust polynomial fitting.

Keywords: alkaline complex, Tapira, gravimetry.


RESUMO

O Complexo Alcalino de Tapira é uma intrusão no extremo sul da Província do Alto da Paranaíba, MG. Este trabalho visa testar ferramentas utilizadas no tratamento dos dados, para estudar as propriedades físicas do Complexo Alcalino de Tapira utilizando gravimetria terrestre. O levantamento gravimétrico terrestre foi realizado não apenas sobre a área ocupada pelo complexo, como também nas adjacências. Através da análise dos dados obtidos nesse levantamento, foi estimado o campo gravimétrico regional, visando isolar a contribuição gravimétrica do corpo. Para este propósito, foram analisados quatro métodos de interpolação: inverso da distância, triangulação, kriging e mínima curvatura. A separação da contribuição gravimétrica, devida a fontes locais ou regionais e residuais, foi realizada utilizando três métodos numéricos: método da omissão, continuação para cima (upward continuation ) e ajuste polinomial robusto. Para compará-los, foi traçado um perfil sobre a anomalia gravimétrica isolada em cada caso. A comparação entre diferentes métodos de interpolação, assim como os de separação regional-residual, permitiu determinar qual metodologia melhor se aplica ao alvo do estudo. Verificou-se que o método de interpolação que melhor responde ao caso apresentado é o kriging, enquanto a separação regional-residual que apresenta melhor resultado é o ajuste polinomial robusto de grau 1.

Palavras-chave: complexo alcalino, Tapira, gravimetria.


Keywords


complexo alcalino, Tapira, gravimetria



DOI: http://dx.doi.org/10.22564/rbgf.v29i3.93










Revista Brasileira de Geofísica (printed version): ISSN 0102-261X
v.1n.1 (1982) – v.33n.1 (2015)

Revista Brasileira de Geofísica (online version): ISSN 1809-4511
v.15n.1 (1997) – v.29n.4 (2011)

Brazilian Journal of Geophysics (online version
a partir de v.30n.1 (2012)



Brazilian Journal of Geophysics - BrJG

Sociedade Brasileira de Geofísica - SBGf
Av. Rio Branco 156 sala 2509
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Phone/Fax: +55 21 2533-0064
E-mail: editor@sbgf.org.br