O MÉTODO MAGNETOTELÚRICO APLICADO À BACIA DO SÃO FRANCISCO, MINAS GERAIS

Jorge L. Porsani, Sérgio L. Fontes

Abstract


Foram realizadas 43 sondagens magnetotelúricas, totalizando oito seções, na parte central da bacia sedimentar do São Francisco, região Norte do estado de Minas Gerais. Este estudo visou mapear a estrutura geoelétrica da bacia. O levantamento foi superposto a 10 linhas sísmicas, cobrindo 11.000 km2de área. O espaçamento entre as sondagens foi irregular e a freqüência utilizada variou de 0,001 até 400 Hz, permitindo investigar até 60 km de profundidade. Os dados foram corrigidos do efeito de deslocamento estático através da mediana da resistividade do primeiro condutor. Utilizou-se um invariante do tensor impedância para interpretar a estrutura geoelétrica da bacia. Apresenta-se neste trabalho o resultado de uma seção geoelétrica obtida através de inversão 1D. Foi identificada uma seqüência de horizontes condutivos e resistivos, correspondentes ao pacote sedimentar e o topo do embasamento geoelétrico, que caracterizam a bacia do São Francisco. Além disso, identificou-se uma zona condutiva e outra resistiva a profundidades crustais. Os resultados apresentaram uma boa concordância com os dados sísmicos e gravimétricos, enquanto a concordância com o perfil de eletrorresistividade do poço existente na área de investigação foi apenas razoável.

Keywords :Magnetotelúrico; MT; Estrutura geoelétrica; Bacia do São Francisco.

The magnetotelluric method applied in the São Francisco Basin, Minas Gerais

Forty-three magnetotelluric (MT) soundings were undertaken along eight profiles at the central portion of the São Francisco Sedimentary Basin, northern region of Minas Gerais State. The study aimed at the mapping of the geoelectrical structure of the basin. The MT profiles were deployed along ten seismic lines covering 11,0000 km2of total area. The MT soundings were irregularly spaced and covered the frequency range from 0.001Hz to 400 Hz, probing the electric structure from the surface to a maximum depth of 60 km. The MT data affected by static shift were corrected by fixing the resistivity value (given by the median) of the first observed conductor. The geoelectric interpretation was based on a rotationally invariant impedance response function. We identified a sequence of conductive and resistive layers, which are related to the sedimentary sequence observed in the São Francisco Basin and its crystalline basement. The results show good agreement with seismic and gravimetric data while showing just a fair agreement with available electrical well log information.

Keywords :Magnetotelluric; MT; Geoelectric Structure; São Francisco Basin.


Keywords


magnetotelúrico; mt; estrutura geoelétrica; bacia do são francisco









Brazilian Journal of Geophysics - BrJG (online version): ISSN 2764-8044
a partir do v.30n.1 (2012) até o presente

Revista Brasileira de Geofísica - RBGf (online version): ISSN 1809-4511
v.15n.1 (1997) até v.29n.4 (2011)

Revista Brasileira de Geofísica - RBGf (printed version): ISSN 0102-261X
v.1n.1 (1982) até v.33n.1 (2015)

 

Brazilian Journal of Geophysics - BrJG
Sociedade Brasileira de Geofísica - SBGf
Av. Rio Branco 156 sala 2509
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Phone/Fax: +55 21 2533-0064
E-mail: editor@sbgf.org.br